Números do Goianão 2011 após a 8ª Rodada do 1º Turno da 1ª Fase

16/02/2011 08:45

 

O líder Atlético é o time que mais marcou gols; a vice-líder invicta Anapolina é a equipe que menos sofreu gols. Eles se enfrentam na última rodada do 1º turno neste domingo, dia 20 de fevereiro, no Estádio Jonas Duarte em Anápolis.


 

+ Jogos realizados: 40.

+ Gols marcados: 115.

+ Média de gols: 2,87 por partida.

+ Principais artilheiros: 1º Fábio Oliveira (Morrinhos) e Nonato (Trindade) 6 gols. 2º Rôni (Vila Nova) e Marcão (Atlético) 5 gols. 3º Diogo Campos (Atlético), Mauricinho (Goianésia) e Reinaldo Silva e Danilo Santos (Crac) 3 gols.
 
+ Gols contra: 1 – Thiago Almeida (Morrinhos) à favor do (Santa Helena).

+ Jogadores com o maior número de Rodadas na artilharia principal: Nonato (Trindade) e Fábio Oliveira (Morrinhos) 4 Rodadas.

+ Jogadores que marcaram mais de 2 gols em 1 única partida: Nonato (Trindade) 4 gols assinalados no jogo Trindade 4x0 Goianésia (3ª Rodada do 1º Turno); Fábio Oliveira (Morrinhos) 3 gols assinalados na partida Morrinhos 4x1 Goianésia (5ª Rodada do 1º Turno).

+ Time que ainda não perdeu: Anapolina.

+ Equipes que mais perderam: Trindade 7; Morrinhos 6; Santa Helena 5.

+ Times que mais venceram: Atlético 7; Vila Nova e Anapolina 5.

+ Equipes que menos venceram: Trindade e Goianésia 1; Morrinhos, Santa Helena e Aparecidense 2.

+ Times que ainda não empataram: Atlético, Morrinhos e Trindade.

+ Times que mais marcaram gols: Atlético 19; Crac 17; Anapolina e Vila Nova 14.

+ Equipes que menos marcaram gols: Goianésia 6; Goiás 7; Trindade, Morrinhos e Santa Helena 9.

+ Times que menos sofreram gols: Anapolina 5; Vila Nova 6; Atlético e Goiás 8.

+ Equipes que mais sofreram gols: Morrinhos 16; Santa Helena, Goianésia e Trindade 15.

+ Total de resultados diferentes que aconteceram: 15.

+ Resultados que mais aconteceram: 1x0 – 10 vezes; 2x0  e 3x2 – 5 vezes.

+ Time com a maior sequência de vitórias consecutivas: Atlético 4 (da 1ª à 4ª Rodadas).

+ Equipe com a maior sequência de jogos consecutivos sem derrota: Anapolina 8 (da 1ª à 8ª Rodadas) (5 vitórias e 3 empates).

+ Time com a maior sequência de derrotas consecutivas: Trindade 5 (da 4ª à 8ª Rodadas).

+ Equipes com a maior sequência de jogos consecutivos sem vitória: Santa Helena (da 1ª à 6ª Rodadas) (1 empate e 5 derrotas) e Goianésia (da 3ª à 8ª Rodadas) (3 empates e 3 derrotas) 6.

+ Total de expulsões: 16.

+ Equipes que já tiveram jogador expulso: 7 = Crac (Juliano, Flávio, Wagner e Eduardo Santos), Goianésia (Gil Baiano e Jeferson); Aparecidense (Martony); Atlético (Pituca 2 vezes); Santa Helena (Rafael, Diogo e Kadu); Morrinhos (Diniz, Thiago Almeida e Rocha) e Goiás (Carlos Alberto).

+ Times que ainda não tiveram jogador expulso: Anapolina, Trindade e Vila Nova.

+ Total de advertências com o cartão amarelo: 219.

+ Times com o maior número de advertências com o cartão amarelo: Aparecidense e Vila Nova 28; Anapolina 27.                                                                                              

+ Equipes com o menor número de advertências com o cartão amarelo: Goiás 15; Santa Helena 16; Goiás 18; Morrinhos 19.

+ Times que ocuparam a liderança da 1ª Fase: 2 = Atlético (6 Rodadas); Crac (2 Rodadas).

+ Equipes que figuraram na faixa de classificação à Fase Semifinal: 5 = Atlético e Anapolina (8 Rodadas); Vila Nova (7 Rodadas); Crac (6 Rodadas); Goiás (3 Rodadas).

+ Times que figuraram na faixa do rebaixamento: 5 = Santa Helena (6 Rodadas); Aparecidense e Trindade (4 Rodadas); Morrinhos e Goianésia (1 Rodada).

+ Equipes que ocuparam a lanterna da 1ª Fase: 4 = Santa Helena (3 Rodadas); Aparecidense e Trindade (2 Rodadas); Morrinhos (1 Rodada).

+ Goleadas aplicadas: 8 (Crac 5x2 Morrinhos – 1ª Rodada do 1º Turno; Goiás 1x5 Crac – 2ª Rodada do 1º Turno; Trindade 4x0 Goianésia – 3ª Rodada do 1º Turno; Santa Helena 1x4 Vila Nova e Atlético 3x0 Trindade – 4ª Rodada do 1º Turno; Morrinhos 4x1 Goianésia – 5ª Rodada do 1º Turno; Atlético 3x0 Goianésia – 6ª Rodada do 1º Turno e Morrinhos 0x3 Anapolina – 8ª Rodada do 1º Turno).

+ Times que mais aplicaram goleada: Crac e Atlético 2.

+ Equipe que mais sofreu goleada: Goianésia 3.

+ Times que venceram fora de casa: 7 = Vila Nova, Crac e Atlético 3 vezes; Anapolina 2 vezes; Goiás, Goianésia e Santa Helena 1 vez.

+ Equipes que perderam em casa: 7 = Trindade 4 vezes; Santa Helena 3 vezes; Crac e Morrinhos 2 vezes; Goianésia, Goiás e Aparecidense 1 vez.

+ Penaltis assinalados: 14 (13 convertidos e 1 desperdiçado).

+ Times que tiveram pênalti a favor: 7 = Morrinhos e Vila Nova 3; Trindade, Santa Helena e Crac 2; Aparecidense e Atlético 1.

+ Equipes que cometeram pênalti: 7 = Goianésia e Atlético 3; Santa Helena, Trindade e Crac 2; Morrinhos e Aparecidense 1.

+ Jogador que desperdiçou pênalti: Sandro Goiano (Aparecidense) 1.

+ Jogadores que marcaram gol de pênalti: Fábio Oliveira (Morrinhos) 3 gols; Rôni (Vila Nova), Nonato (Trindade), André Leonel (Santa Helena) e Danilo Santos (Crac) 2 gols; Betinho (Vila Nova) e Márcio (Atlético) 1 gol.

+ Total de árbitros que apitaram: 12.

+ Árbitros que mais apitaram: Elmo Resende, André Luiz Castro e Osimar Moreira 5 jogos.

+ Árbitros que mais advertiram com o cartão amarelo: Osimar Moreira 35 cartões; Elmo Resende 31 cartões; Eduardo Tomaz 30 cartões.

+ Árbitros que mais expulsaram: Elmo Resende 6 expulsões; Jocilê Pires 3 expulsões; Wellington Branquinho 2 expulsões.

+ Árbitros que mais assinalaram pênalti: Wellington Branquinho 3 pênaltis assinalados; Jocilê Pires, Osimar Moreira e André Luiz Castro 2 pênaltis assinalados.

+ Total de assistentes que trabalharam: 26.

+ Assistentes que mais trabalharam: João Patrício e Fabrício Vilarinho 6 jogos; Édson Ântônio e Cristhian Passos 5 jogos.

+ Total de quartos árbitros que trabalharam: 19.

+ Quartos árbitros que mais trabalharam: Ivan dos Santos, Paulo Nascimento, Bruno Rezende, Valdir Gonçalves, Éverton Gomes e Mauro Queiroz 3 jogos.

+ Goleiro menos vazado: Gatti (Anapolina) = média de 0,62 por partida, 5 gols sofridos em 8 partidas realizadas.

+ Goleiros mais vazados: Reinaldo (Santa Helena) e Huanderson (Goianésia) = média de 1,87 por partida, 15 gols sofridos em 8 jogos realizados.

+ Times que já trocaram de técnico: 4 = Santa Helena (após a 2ª Rodada do 1º Turno, saiu Solito Alves, 2 jogos, aproveitamento de 0,00%, entrou Moisés Constantino (interino), saiu após a 5ª Rodada do 1º Turno, 3 jogos, aproveitamento de 11,11%, entrou Pedro Mendes); Morrinhos (após a 5ª Rodada do 1º Turno, saiu Uidemar Pessoa, 5 jogos, aproveitamento de 40,00%, entrou Zé Roberto, saiu após a 8ª Rodada do 1º Turno, 3 jogos, aproveitamento de 0,00%, entrou Aguilar), Trindade (após a 6ª Rodada do 1º Turno, saiu Zé Humberto, 6 jogos, aproveitamento de 16,66%, entrou Vitor Hugo) e Atlético (após a 6ª Rodada do 1º Turno, saiu Alfredo Montesso (interino), 6 jogos, aproveitamento de 83,33%, entrou Renê Simões (recuperado de cirurgia)).

+ Total de jogadores que já participaram do Campeonato: 230.

+ Times que mais utilizaram jogadores: Vila Nova 26; Goianésia, Morrinhos e Santa Helena 25.

+ Equipes que menos utilizaram jogadores: Goiás 20; Trindade, Aparecidense e Anapolina 21.

+ Total de público pagante da 8ª Rodada do 1º Turno da 1ª Fase: 9.503.
     
+ Média de público pagante da 8ª Rodada do 1º Turno da 1ª Fase: 1.900.

+ Total de público pagante do Campeonato: 107.396.

+ Média de público pagante do Campeonato: 2.684 (-51,83% em relação a 2010).

+ Total arrecadado bruto da 8ª Rodada do 1º Turno da 1ª Fase: R$ 107.371,00.
           
+ Média de renda da 8ª Rodada do 1º Turno da 1ª Fase: R$ 21.474,20.

+ Total de renda bruta do Campeonato: R$ 1.469.588,00.

+ Média de renda do Campeonato: R$ 36.739,70 (-35,71% em relação a 2010).

+ Maior público pagante: 12.489 no jogo Vila Nova 0x0 Goiás, no sábado, dia 22 de janeiro (3ª Rodada do 1º Turno) no Estádio Serra Dourada em Goiânia.

+ Menor público pagante: 196 no jogo Aparecidense 3x1 Santa Helena, no domingo, dia 30 de janeiro (5ª Rodada do 1º Turno) no Estádio Aníbal Batista de Toledo em Aparecida de Goiânia.

+ Maior renda: R$ 193.740,00 no jogo Vila Nova 0x0 Goiás, no sábado, dia 22 de janeiro (3ª Rodada do 1º Turno) no Estádio Serra Dourada em Goiânia.

+ Menor renda: R$ 2.810,00 no jogo Aparecidense 3x1 Santa Helena, no domingo, dia 30 de janeiro (5ª Rodada do 1º Turno) no Estádio Aníbal Batista de Toledo em Aparecida de Goiânia.

 Roberto Sampaio
Coordenadoria Técnica

Fonte: http://www.fgf.esp.br/noticias.asp?id_noticia=4934
 

www.jataiense.com.br
Voltar